Um cidadão, de 38 anos, foi detido, recentemente, em Luanda, por tentativa de burla de mais de cinco milhões de kwanzas pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), informou, ontem, o porta-voz da instituição.

13/12/2022   09H40

Reforço da investigação criminal leva ao desmantelamento de mais um grupo de marginais

Manuel Halaiwa informou aos jornalistas que a detenção ocorreu quando o cidadão pretendia adquirir mercadoria a uma empresa com comprovativos bancários falsos, na ordem de cinco milhões de kwanzas.

O superintendente-chefe contou que, no momento da detenção, o cidadão foi encontrado em posse de vários documentos forjados de identificação pessoal.

“Encontramos com ele passes do SINSE e da Procuradoria Geral da República, assim como fotos nas quais aparecia fardado como oficial do Serviço de Migração e Estrangeiros”, explicou o porta-voz, além de garantir maior combate à criminalidade no país.

O cidadão, acrescentou, vai ser presente ao Ministério Público para as diligências judiciais.

O SIC, acrescentou, desmantelou, há poucos dias, uma rede criminosa, composta por três cidadãos, que pretendia defraudar uma conta bancária no valor de 28 milhões de kwanzas.

O desmantelamento da rede, esclareceu, aconteceu no quadro das várias acções que o SIC Luanda realizou, nos últimos dias, envolvendo a Direcção Central de Combate ao Crime Organizado e Direcção Central de Combate aos Delitos Financeiros e Fiscais.

REVISTA DESTMIDOS.