A plataforma “SMS Jovem”, criada para incentivar a aproximação entre os jovens, tem actualmente registados 92 mil usuários a nível de Angola, disse, ontem, o analista de informação do projecto. 

13/12/2022   09H52

Suportes tecnológicos ajudam na aproximação de jovens

Ângelo Nunda adiantou ainda que, desde a implementação no país, em 2020,  o projecto tem permitido uma interacção activa entre adolescentes e jovens, de forma a influenciá-los à tomarem decisões sobre boas práticas, ligadas à saúde sexual e reprodutiva, cidadania, género e prevenção de doenças.

A plataforma, disse, é uma iniciativa do Unicef e foi implantada no ano de 2007, a nível mundial, para permitir as pessoas partilharem informações, a tempo real, e expor as preocupações, resolvidas a posteriori por especialistas.

Em termos de usuários, reforçou, Angola conta com um número positivo de 92 mil inscritos. “Já recebemos três milhões de perguntas e conseguimos ajudar vários adolescentes e jovens”.

A província que mais teve registo na plataforma, contou, é a de Luanda, onde a maioria dos intervenientes eram rapazes, com idades entre os 14 e os 21 anos. 

“No momento, trabalhamos apenas com a operadora Unitel” referiu, acrescentando que as mensagens enviadas são confidenciais.

Aos adolescentes e jovens, apelou, a aderirem à plataforma, visto que é um espaço virtual seguro, criado para estes interagirem sem medo e tabus.

A nível mundial, destacou, a plataforma conta com aproximadamente 28 milhões de inscritos e já está em 98 países.

REVISTA DESTEMIDOS.