Um cidadão, de 35 anos, foi detido, segunda-feira (12), no Bairro Operário, município de Luanda, por, supostamente, ter agredido a ex-esposa, de 32 anos, depois de um desentendimento relacionado com a guarda dos filhos.

13/12/2022   10H03

Cidadão, detido

O porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, superintendente Nestor Goubel explicou que o crime ocorreu no interior de uma residência, quando o acusado pediu para ver os filhos, por estar separado da ex-esposa.

A ex-mulher, acrescentou, o impediu de entrar e este partiu para a violência. “Primeiro usou uma pedra para atacar. Depois, arrombou o portão e entrou na residência. Já no interior, agrediu a vítima”, explicou. 

O acusado, adiantou, foi detido por crime de introdução em residência  alheia, concorrido com ofensas corporais, e vai ser presente ao Ministério Público, para procedimentos subsequentes.

A corporação, disse, tem recebido queixas sobre  casos de agressões físicas com alguma frequência e tem dado tratamento adequado. “Em alguns casos, os crimes acontecem por falta de  diálogo familiar ou o consumo excessivo de bebidas alcoólicas”.

Nos casos de separação entre casais e quanto à guarda dos filhos, os lesados devem abrir uma participação nas instituições que integram o sistema de protecção e desenvolvimento da criança para a resolução do problema, evitando actos de violência doméstica.

REVISTA DESTEMIDOS.