As oportunidades de negócio no sector mineiro foram apresentadas, esta terça-feira, no “Global Gold Convention 2022” no Dubai, perante os investidores estrangeiros interessados.

22/11/2022   22H07

A apresentação do potencial mineiro, sobretudo, de projectos ligados à exploração do ouro coube ao Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário de Angola nos Emirados Árabes Unidos, Albino Malungo.

Baseado nos dados fornecidos pela Agência Nacional dos Recursos Minerais (ANRM), órgão público de regulação e fiscalização e promoção do sector mineiro angolano, criado ao abrigo do Decreto Presidencial nº 161/20, de 5 de Junho, o diplomata disse que foram observadas ocorrências minerais actuais de Angola com mais de 2.500 pontos, sendo um total de 1.208 pontos de ocorrências de ouro foram identificados.

Outros estudos geológicos encontram-se em curso e estão a ser identificadas mais ocorrências de ouro.

Facilidades de incentivos

Albino Malungo apelou aos investidores a apostar neste segmento no mercado angolano devido a enormes facilidades de incentivos criados pelo Governo Angolano no âmbito do Novo Modelo de Governação do Sector dos Recursos Minerais, aprovado pelo Decreto Presidencial nº 143/20, de 26 de Maio.

Dos incentivos e benefícios, o embaixador de Angola nos Emirados Árabes Unidos destacou sobre as despesas de prospecção, contribuições para o fundo ambiental, de despesas Aduaneiras e de incentivos para detentores de títulos de prospecção, assim como os equipamentos destinados à exploração mineira isentos de direitos aduaneiros, importações facilitadas e obtenção de vistos de trabalho.

Quanto ao número de projectos em desenvolvimento estão concentrados nas regiões da Huíla, Huambo, Bengo, Lunda Norte, Cabinda, Cuanza Norte, Uíge e Zaire.

REVISTA DESTEMIDOS