16/11/2022 06H16

Estado da Carolina do Norte, Estados Unidos da América

A prefeita da cidade de Raleigh, Estado da Carolina do Norte, Estados Unidos da América, Mary-Ann Baldwin, proclamou o 11 de Novembro, data da Independência da República de Angola, como dia de Angola naquela localidade.

De acordo com a prefeita, o caminho para a Independência de Angola começou a ser trilhado em 1961 com o início da Luta Armada de Libertação Nacional, que culminou com a conquista da Independência a 11 de Novembro de 1975.

A cidade de Raleigh está comprometida em reconhecer a cultura e o património do povo angolano, assim como a importante contribuição dada pela comunidade angolana residente na Carolina do Norte, em particular em Raleigh, na melhoria da cidade e da sociedade, em geral, lê-se na nota.

Segundo as autoridades locais norte-americanas, graças a este envolvimento com os habitantes e a comunidade angolana tornou a cidade mais diversificada culturalmente e acolhedora para todos.

A 25 de Agosto do corrente ano, o embaixador de Angola nos Estados Unidos da América, Joaquim do Espírito Santo, recebeu, em Washington DC, a declaração da proclamação do dia de Angola em Hampton, Virgínia.

A República de Angola e os Estados Unidos da América estabeleceram relações diplomáticas formais em 1993.

   MENSAGEM DO PRESIDENTE DO EGIPTO
Abdel Fattah El-Sisi felicita Angola pelo 47º aniversário de Independência

O Presidente da República Árabe do Egipto, Abdel Fattah El-Sisi, endereçou, ontem, uma mensagem de felicitações ao homólogo angolano, João Lourenço, por ocasião da celebração do 47º aniversário da Independência Nacional, assinalado na última sexta-feira, 11 de Novembro.

A mensagem, transmitida por Mohamed Reda, que foi recebido pelo embaixador de Angola no  Egipto, Nelson Manuel Cosme, na qualidade de enviado especial do Presidente egípcio, é extensiva ao povo angolano e realça os avanços alcançados ao longo dos 47 anos de Independência, sobretudo, pela realização das recentes Eleições Gerais, que conduziram o Presidente João Manuel a um segundo mandato.

O Presidente El-Sisi felicita, igualmente, Angola pelo importante papel que tem desempenhado na busca de soluções pacíficas dos conflitos regionais e agradece pela mais alta participação do país na COP27, bem como pela presença da delegação angolana nos diferentes fóruns realizados no âmbito da 27ª Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas.

Reitera a disposição da República Árabe do Egipto continuar a trabalhar com Angola e demais países africanos, em torno de uma posição comum sobre as alterações climáticas e outras temáticas de comum interesse.

O 47º aniversário da Independência Nacional foi celebrado em todo o país e no estrangeiro, mediante a realização de diferentes actividades de carácter político-cultural, desportivas e recreativas, sendo que o acto central teve lugar na província de Luanda, sob a presidência do ministro da Administração do Território, Dionísio da Fonseca, em representação do Presidente da República, João Lourenço.

As celebrações decorreram sob o lema “Angolanos, de Mãos Dadas para o Futuro”, num momento em que o Executivo procura reforçar a execução da estratégia relacionada com a consolidação da paz e do Estado Democrático de Direito, Reforma do Estado, da Justiça, da Administração Pública, da Comunicação Social e da liberdade de expressão, promoção do desenvolvimento equilibrado e harmonioso do território, promoção do desenvolvimento do capital humano e redução das desigualdades sociais.

Revista Destemidos.