A decisão foi comunicada pelo irmão, o rei Carlos III, pouco antes da morte da rainha Isabel II.
Príncipe André em lágrimas ao ser ‘banido’ de vez da vida na realeza.

Orei Carlos IIII e o irmão, o príncipe André, encontraram-se na Escócia pouco tempo antes da morte da mãe, a rainha Isabel II. Foi nesta ocasião que o monarca revelou ao irmão que este nunca mais poderia voltar a trabalhar para a realeza.

Segundo uma fonte do ‘The Mail on Sunday’, a conversa entre os dois foi “emotiva e tensa”, com André a não conseguir conter as lágrimas ao saber do sucedido.

“Ele sempre acreditou que havia uma maneira de voltar. O André era muito próximo da rainha e tentou levantar a questão do seu retorno à sua vida pública muitas vezes com ela. Por muito inocente que possa parecer, ele sempre teve esperança de recuperar a sua posição como membro sénior da família real”, revela a fonte em questão.

Carlos III terá ainda dito que o irmão poderia “ter uma boa vida” mas que a sua vida pública relacionada com a realeza tinha chegado ao fim. “Disseram-lhe que ele tinha que aceitar”, completa a fonte.

Vale recordar que André, duque de York, foi afastado da realeza por causa do escândalo em que se viu envolvido em 2019, depois de ter sido acusado de violar uma menor de idade e de ter uma ligação com Jeffrey Epstein.

Revista Destemidos.