11/10/2022 14H13

David Malpass abordou sobre a inflação nos vários países

O presidente do Banco Mundial, David Malpass, e a directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disseram que há um risco crescente de recessão global, com a inflação permanecendo um problema contínuo após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

“Existe um risco e um perigo real de uma recessão mundial no próximo ano”, disse Malpass em um diálogo com Georgieva no início dos encontros anuais das duas instituições. Ele citou desaceleração do crescimento nas economias desenvolvidas e depreciação cambial em muitos países em desenvolvimento.

Georgieva disse que o FMI vê “um problema significativo” na China, a segunda maior economia do mundo, onde a volatilidade está prejudicando o crescimento.

 
Crise de dívida

O mundo está prestes a enfrentar “uma quinta vaga de crise de dívida”, alertou o presidente do Banco Mundial (BM), David Malpass, ao lançar um apelo para apoio aos países em dificuldades.

A pandemia levou muitos países a contraírem mais empréstimos para apoiarem a economia, enfrentando agora dificuldades com a dívida, devido aos efeitos da inflação e da subida das taxas de juro.

“Estou preocupado com o nível de endividamento, preocupado com vários países”, declarou Malpass numa conferência de imprensa ‘online’.

“Só em 2022, cerca de 44 mil milhões de dólares de dívida, detidos pelo sector privado ou por outros Estados, venceram”, em vários países pobres, um montante superior à ajuda internacional que esses países recebem, apontou.

“Actualmente, estamos a enfrentar o que acho que é uma quinta vaga de crise da dívida”, acrescentou, pedindo “mais transparência” sobre os níveis de endividamento.

Revista Destemidos.