08/10/2022 07H26

Durante quatro horas de debate, ontem 07, em uma das salas da administração Municipal, os líderes do poder tradicional apresentaram os principais anseios da população, bem como algumas soluções realísticas para a resolução dos mesmos.

A problemática do desemprego juvenil mereceu atenção especial. Porque para além de excluir a maior força do município da vida económica activa, agrava o fenómeno da caça furtiva, que tem devastado a fauna local, com o aumento do risco de extinção de várias espécies animais.

O Príncipe Mwene Nguimbo, que dá o nome a sede do Lumbala, alertou que a juventude carece de preparação técnica e profissional, tendo sugerido mais investimentos no sector da educação.

Acrescentou ainda que é necessário resolver as questões básicas relacionadas com o fornecimento de energia e água, bem como a prestação de serviços de saúde com qualidade. “Perdem-se vidas humanas, aumentam as acusações de feitiçarias e destroem-se famílias, porque não há equipamentos de saúde para diagnosticar e curar doenças”. Disse o Príncipe.

Por seu turno, o Governador Provincial, apresentou os eixos estratégicos prioritários para este mandato, com destaque ao investimento no capital humano, a construção das estradas nacionais, o fornecimento de energia e água, a melhoria do saneamento básico, e mais investimentos na agricultura e pesca continental.

Ernesto Muangala, disse que vai continuar a auscultar todas as forças vivas da província para consolidar o memorando a ser apresentado na próxima reunião do Conselho de Ministro, em finais de outubro, em que serão aprovados os projectos de investimento público para relançar as bases do crescimento da província.

Moxico, Eu Acredito!

Revista Destemidos.