06/10/2022 09H52

O astro argentino, Lionel Messi, anunciou esta quinta-feira, em declarações à televisão “Star +” que “se é o meu último Mundial? Sim, de certeza que sim”.

“Se é o meu último Mundial? Sim, de certeza que sim. Sinto-me bem fisicamente, pude fazer uma pré-temporada muito boa este ano ao contrário do ano passado por tudo o que aconteceu. No ano passado comecei a treinar tarde e joguei sem ritmo com a época a decorrer. Fui à selecção e quando voltei lesionei-me, nunca consegui arrancar”, disse o argentino, citado pelo Mais Futebol.

“Estou a contar os dias para o Mundial. A verdade é que há alguma ansiedade em querer que comece já e algum nervosismo. Quero que comece já e penso no que vai acontecer e como nos vai correr, pois vai ser o último. Por outro lado, não vemos a hora para que comece e por outro, há a vontade de querer que tudo nos corra bem”, salientou o craque do PSG.

“Vamos chegar num momento muito bom por tudo o que aconteceu, com um grupo muito forte, mas num Mundial tudo pode acontecer. Todos os jogos são difíceis, mas é isso que torna um Mundial tão especial. Nem sempre os favoritos são os que acabam por ganhar ou fazem o caminho que se espera que façam”, lembrou.

Lionel Messi apontou ainda que embora a Argentina seja sempre candidata ao título pela história que carrega, não quer dizer que sejam “favoritos”, acrescentando que “não sei se somos os grandes candidatos” e que “não somos favoritos, há outras selecções que estão acima”, afirmou La Pulga, a pouco mais de um mês do torneio.

Revista Destimidos.