11.06.2022 21H09

Bandeiras dos países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) tremulam ao vento do lado de fora da sede da aliança em Bruxelas, 22 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 11.06.2022

O representante especial da China para a península Coreana, Liu Xiaoming, recordou que a OTAN bombardeou a Iugoslávia por 78 dias, sem receber qualquer sanção do Conselho de Segurança da ONU.

“Há 23 anos, a OTAN lançou 420.000 bombas pesando 22.000 toneladas, incluindo 15 toneladas de urânio empobrecido, sem ser sancionada pelo Conselho de Segurança da ONU”, escreveu o diplomata.

Além disso, ele recordou que os ataques americanos mataram mais de 2.500 pessoas, incluindo 79 crianças, além de deixarem mais de um milhão de pessoas desalojadas.

Revista Destemidos.