08.06.2022 18H59

Pessoas protestam altos preços da gasolina em um posto de gasolina de Los Angeles, Califórnia, EUA, 4 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.06.2022

Os preços da gasolina e do diesel têm continuado sua subida nos EUA e aumentado em mais da metade só no último ano, revelam dados da Associação Automobilística dos EUA (AAA, na sigla em inglês).

Os preços da gasolina nos EUA atingiram uma nova alta, com a média nacional estando agora em US$ 4,955 (R$ 24,14) por galão (medida representando cerca de 4,55 litros) na terça-feira (7), indiacam os dados da AAA.

Trata-se de quase US$ 0,30 (R$ 1,46) mais que uma semana atrás, quase US$ 0,62 (R$ 3,02) mais que um mês atrás e quase US$ 1,90 (R$ 9,26) acima dos valores de um ano atrás. O diesel, usado principalmente para o transporte de mercadorias e alimentos, também está em níveis recordes, sendo vendido a US$ 5,719 (R$ 27,86) a nível nacional.

As viagens de fim de semana do Dia do Memorial foram citadas pela AAA como um dos principais fatores que contribuíram para o aumento dos preços nesta semana.

“As pessoas ainda estão enchendo os tanques, apesar destes preços altos. Os motoristas podem em algum momento mudar seus hábitos diários de condução ou seu estilo de vida devido a estes preços altos, mas ainda não estamos lá”, disse em uma declaração Andrew Gross, porta-voz da AAA.

Os preços do petróleo também seguem subindo, ficando acima dos US$ 120 (R$ 584,56) atualmente. A OPEP+ anunciou que aumentará a produção para 648.000 barris de petróleo em julho e agosto, mas é pouco provável que isso diminua os preços, já que o mercado se prepara para as sanções da União Europeia sobre o petróleo russo, que vão ser implementadas ao longo do ano.

Revista Destemidos.