07/06/2022 09H50

Atletas da selecção nacional de artes marciais foram recebidos pelo Presidente da República

O Presidente da República homenageou, segunda-feira, em Luanda, um grupo de atletas da selecção nacional de Artes Marciais Mistas (sigla em inglês MMA), que se sagrou vice-campeã no campeonato africano, disputado na África do Sul.

A selecção angolana de MMA participou na competição africana com 15 dos 30 atletas previstos, tendo arrecadado 13 medalhas. Ao Presidente da República, a Federação Angolana da modalidade ofereceu a medalha de ouro conquistada no torneio, enquanto a de bronze foi entregue à ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do Sacramento. Em declarações à imprensa, no final do encontro de quase duas horas, na Cidade Alta, o presidente da Federação Angolana de Artes Marciais Mistas, Armando Diogo, disse que a vitória foi “bastante suada”, salientando que os atletas angolanos qualificaram-se com a melhor performance para o campeonato do mundo, marcado para Novembro próximo, em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos.

“Em termos de conhecimento e talento, tivemos os melhores atletas a competir no africano da modalidade”, indicou Armando Diogo, que disse ter recebido do Chefe de Estado garantias de apoio à federação para a competição mundial.

Sublinhou que em termos de infra-estruturas Angola em nada deve à África do Sul, facto que levou o presidente da Federação Internacional de MMA a escolher o país para albergar o próximo campeonato africano, entre Abril ou Maio do próximo ano.

Para constatar as condições infra-estruturais, bem como outras para a realização do evento continental, o responsável internacional de MMA visitará Angola em Agosto próximo.

Armando Diogo anunciou, a propósito, que os atletas já estão a preparar-se com afinco para a competição mundial de Abu Dhabi. Referiu que uma equipa técnica trabalha em todas as províncias para seleccionar os melhores para a prova, na qual a federação pretende levar trinta ou mais lutadores.

Revista Destemidos.