A produção em massa dos novos telemóveis da Apple parece estar atrasada.

Más notícias para os interessados em adquirir um novo iPhone com o lançamento da próxima série de telemóveis da Apple, com o site Nikkei (via 9to5mac), a indicar que o trabalho necessário para começar a produção dos dispositivos está atrasado

A publicação refere que tanto a Apple como as empresas que servem de parceiras de produção estão a procurar compensar o tempo perdido mas, com os confinamentos provocados pela pandemia de Covid-19 na China, esta tarefa não se tem revelado fácil.

Com a produção dos novos iPhones atrasada é bem possível que o número de unidades produzidas fique aquém da procura que se verificará assim que a Apple lançar estes telemóveis – algo que só está previsto para o final de setembro ou início de outubro.

Especula-se que, no pior dos cenários, a Apple poderá ter de contar com menos dez milhões de unidades do que estava planeado no lançamento da nova série de iPhones.