A COO da tecnológica diz que se quer focar nos direitos das mulheres.

Sheryl Sandberg, a COO da empresa-mãe do Facebook, a Meta, anunciou que está de saída do cargo que ocupou durante os últimos 14 anos. Apesar de se manter no conselho de administração da empresa, Sandberg espera agora ter mais tempo para se dedicar a outras áreas de interesse.

Diz a Fortune que aquela que foi até aqui o ‘braço direito’ de Mark Zuckerberg vai agora dedicar-se à filantropia, concentrando-se sobretudo nos direitos de mulheres – isto numa altura em que há receios que seja abolido nos EUA o direito ao aborto.

“Este é um momento muito importante para as mulheres. Este é um momento muito importante para mim de forma a ser capaz de fazer mais filantropia, com a minha fundação”, adiantou Sandberg à publicação.