03.06.2022 14:19

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro - Sputnik Brasil, 1920, 03.06.2022

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou nesta quinta-feira (2) seu homólogo colombiano, Iván Duque, de apoiar os grupos armados narcotraficantes que operam na fronteira entre os dois países.

Durante transmissão sobre os resultados da Operação Escudo Bolivariano 2022, Maduro falou sobre a luta contra os Tancol, como denominou os grupos armados NACROTRAFICANTES COLOMBIANOS que operam no território venezuelano, e que, segundo o mandatário, são “enviados” pelo presidente Iván Duque.

“É preciso desarticular completamente todos esses grupos Tancol,… que servem a oligarquia narcoparamilitar que governa a Colômbia“, afirmou Maduro.

De acordo com o presidente, esses grupos, que utilizam armamentos provenientes dos EUA, são a “ponta de lança de uma intervenção de controle militar da Venezuela“.

Revista Destemidos.