02.06.2022 23:49

Dmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança da Federação da Rússia, durante videoconferência (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 02.06.2022

Se a Ucrânia usar armas contra instalações russas, as Forças Armadas da Rússia não terão escolha a não ser determinar ataques a centros de tomada de decisão, disse o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia e ex-presidente do país, Dmitry Medvedev.

“É bastante óbvio que se, Deus me livre, esses tipos de armas forem usadas contra territórios russos, nesse caso, as Forças Armadas de nosso país não terão escolha a não ser atacar os centros de tomada de decisão”, disse Medvedev, em entrevista à emissora Al Jazeera, ao comentar o fornecimento de múltiplos sistemas de lançamento de mísseis pelos Estados Unidos a Kiev.

Segundo ele, os eventuais contra-ataques atingirão, em particular, o Ministério da Defesa e o Estado-Maior dasForças Armadas da Ucrânia.

“Mas você precisa entender que os centros de tomada de decisão final, nesse caso, infelizmente nem estão localizados no território de Kiev. Portanto essa é obviamente uma ameaça que precisará ser levada em consideração”, acrescentou.

Revista Destemidos.