02/06/2022 21H53

Político falou do papel da juventude no processo democrático

O presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, teve, ontem, um encontro de trabalho com os membros do Secretariado Nacional da Juventude Patriótica de Angola (JPA), com quem abordou questões organizativas e relativas às próximas eleições gerais, previstas para Agosto.

Uma nota do Colégio Presidencial da CASA-CE refere que no centro das atenções estiveram questões ligadas ao estado de prontidão da JPA, face aos desafios políticos e eleitorais da CASA-CE.

O encontro de cerca de quatro horas serviu, também, para Manuel Fernandes falar sobre o papel preponderante da juventude no processo democrático angolano, “que sinaliza luz verde à tão almejada alternância política no presente ano eleitoral”. O documento refere, ainda, que a JPA é “prioridade absoluta” do presidente da CASA-CE.

O também deputado recomendou ao secretário nacional da JPA, Eduardo Garcia, e sua equipa “ânimo, resiliência, coragem, mais engajamento, comprometimento, rigor, disciplina, organização e foco”, com vista ao acelerar da dinâmica no seio da juventude da CASA-CE.

Manuel Fernandes, ladeado do vice-presidente Sikonda Alexandre, tomou boa nota das preocupações levantadas por Eduardo Garcia e sua equipa, que voltaram a reiterar apoio incondicional à CASA-CE e ao seu líder.

A CASA-CE é a terceira maior força política na Assembleia Nacional, atrás do MPLA e da UNITA. Depois do afastamento do líder fundador, Abel Chivukuvuku, em Fevereiro de 2019, a coligação viveu uma crise de liderança, ultrapassada com a eleição de Manuel Fernandes, dois anos depois. É com ele que a coligação tenta a revitalização.

Revista Destemidos.