08:42 29.05.2022)

Petroleiro (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 29.05.2022

Na sexta-feira (27), o governo iraniano anunciou apreensão de dois petroleiros gregos no golfo Pérsico em resposta ao confisco de cerca de 700.000 barris de petróleo iraniano pelas autoridades gregas nesta semana, agindo em nome dos EUA.

A Organização Portuária e Marítima do Irã informou no sábado (28) que “dois navios gregos foram apreendidos por enquanto”, descartando relatos de que as tripulações foram detidas, dizendo que os trabalhadores do navio estavam “sãos e salvos” a bordo de seus navios, “sendo protegidos de acordo com as leis internacionais e recebendo os serviços necessários”.

Em comunicado de hoje, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh, confirmou que “as tripulações dos petroleiros estão em segurança e de boa saúde” e descreveu as apreensões como uma resposta a um ” erro de cálculo profundamente míope”, escreveu agência iraniana Tasnim.

Ele expressou esperança de que os laços entre a Grécia e o Irã não seriam “dificultados” pelo que ele descreveu como um “assalto de estrada pela Grécia sob o comando” dos EUA.

Revista Destemidos.