Na quinta-feira (26), o Conselho de Segurança da ONU falhou em chegar a um consenso sobre a imposição de novas sanções contra a Coreia do Norte.

A votação do Conselho de Segurança da ONU, liderada pela embaixadora norte-americana Linda Thomas-Greenfield, foi realizada um dia depois de a Corea do Norte conduzir um teste de lançamento de seu maior míssil balístico intercontinental e de outros dois.

A embaixadora americana definiu os testes norte-coreanos como “uma ameaça a toda a comunidade internacional”, como se as ações dos EUA fossem diferentes.

Revista Destemidos.