A caducidade do alvará e a contínua execução das actividades económicas, mesmo após ter declarado falência, esteve na base do encerramento de um estabelecimento hoteleiro, no distrito urbano de Cabolombo. A acção foi realizada na quinta-feira, 26 de Maio, pela Direcção da ANIESA no Município de Belas.

Segundo fez saber o Director da ANIESA no Município, Mendes Paulino, a sua direcção teve que accionar os mecanismos legais pelo facto da situação ser reincidente há mais de dois anos, e serem constatadas inúmeras ilegalidades, além das transgressões administrativas, dentre as quais, poluição sonora.

Mendes Paulino apelou aos demais agentes económicos a pautarem por mecanismos legais e dentro das normas que regulam o bom funcionamento da actividade económica.

Revista Destemidos.