Um estudo publicado na revista Modern Defense Technology indicou que o Exército chinês poderia desativar ou destruir os satélites Starlink da empresa norte-americana SpaceX, caso estes ameacem a segurança nacional do país.

Os autores do estudo, liderado por Ren Yuanzhen, pesquisador do Instituto de Rastreamento e Telecomunicações de Pequim, sob a Força de Apoio Estratégico do ELP, asseguram que o país asiático precisa desenvolver suas capacidades antissatélite, incluindo um sistema de vigilância com uma escala e sensibilidade sem precedentes para rastrear e monitorar cada Starlink.

O estudo indica que é preciso adotar uma combinação de métodos de eliminação suave e dura, para fazer com que os Starlinks percam suas funções, e destruindo o sistema operacional da constelação.

Revista Destemidos