A ministra da Educação, Luísa Grilo, assegurou que o sector vai reforçar a capacitação dos professores da educação pré-escolar, por constituir a educação básica para a facilitação do ingresso da criança na educação primária.

A governante falava no acto de encerramento da Acção de Capacitação de Professores Formadores da Classe de Iniciação das províncias de Benguela, Malanje, Cuanza-Sul, Cuanza-Norte e Uíge, enquadrado na Política 34.3 do Objectivo A.6 do Programa Nacional de Formação e Gestão do Pessoal Docente.

A ministra da Educação realçou que os primeiros anos de vida de uma criança impactam de forma significativa no desenvolvimento intelectual, emocional e valorativo. Por isso, realçou que os professores têm a responsabilidade de auxiliar a criança na aquisição de importantes aprendizagens que enriquecem mais o vocabulário e o desenvolvimento de habilidades sociais, intelectuais e motoras.

Luísa Grilo explicou que a formação vai também permitir aos formandos a observar as boas práticas de ensino e aprendizagem e de melhoria na inclusão de conteúdos locais, nos programas de ensino da classe.

A ministra realçou que, com o término desta acção de capacitação, juntam-se ao grupo outros 46 formadores da classe de Iniciação de Luanda e Bengo, num total de 66 professores formados.

Na Acção de Capacitação de Professores Formadores da Classe de Iniciação, com duração de dez dias, foram ministrados os cursos de Comunicação Linguística, Meio Físico e Social, Representação Matemática, Expressões Musicais, Avaliação e Planificação na Educação Pré-Escolar nos domínios essenciais para a melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem.

Revista Destemidos.

G.G.M.Â