Um centro de saúde de referência foi inaugurado, sexta-feira, no Distrito Urbano da Estalagem, município de Viana, pela governadora provincial de Luanda, Ana Paula de Carvalho, representando, assim, a primeira obra construída no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

Localizado no bairro Baixa de Cassange (Mulenvos de Cima), o referido centro denominado “Uanhenga Xitu”, conta com um total de 60 profissionais de saúde que vão assegurar o funcionamento da unidade com capacidade instalada de 40 camas.

O centro de saúde, apetrechado com meios de diagnóstico e terapêutica, tem disponíveis os serviços de pediatria, ginecologia, obstetrícia, estomatologia, imagiologia, sala de parto, consultórios médicos e área administrativa.

A governadora Ana Paula de Carvalho reafirmou que o Governo continua a trabalhar para reduzir a mortalidade materno-infantil, permitir maior acesso da população aos serviços e cuidados de saúde, assistência medicamentosa e garantir melhores condições de trabalho e de atendimento.   “Reconhecemos que ainda não atingimos a excelência, mas prosseguimos arduamente para o alcance desta meta”, sublinhou. 

Ana Paula de Carvalho disse que o sector da Saúde enfrenta um quadro epidemiológico que exige a atenção e esforço de todos, numa altura em que as doenças respiratórias, malária, diarreias agudas e doenças transmissíveis são o maior “calcanhar de Aquiles”, influenciadas por vários determinantes sociais como o deficiente saneamento básico.

O administrador municipal de Viana, Demétrio Braz de Sepúlveda, disse que o investimento feito no bairro Baixa de Cassange vai contribuir para a redução da morbilidade e mortalidade na região.

Quanto à homenagem à Uanhenga Xitu, o administrador Demétrio Braz de Sepúlveda sublinhou que a a mesma reafirma o reconhecimento do percurso no exercício da actividade de saúde e do patriotismo do nacionalista a Angola.

O administrador de Viana garantiu que o município vai ganhar, nos próximos tempos, mais unidades sanitárias, que se vão juntar aos 23 hospitais, centros e postos de saúde já existentes.

André Mendes de Carvalho, filho do nacionalista Uanhenga Xitu, convidado para testemunhar o acto em representação da família, agradeceu ao gesto e sublinhou que é necessário cuidar dos recursos humanos e financeiros para que a homenagem seja feita através de uma boa prestação de serviços de saúde à população circundante.

Revista Destemidos