É simples mas eficaz. Segundo os dados de um estudo japonês, os voluntários conseguiram aumentar a sua força neste músculo até 12%.

Foto: Pexels

Se um dia alguém lhe dissesse que podia ganhar força com exercícios de somente uns segundos, iria pensar que era impossível, certo? Bem, a questão é exatamente essa. Um novo estudo de uma universidade japonesa descobriu que, de facto, tal feito pode ser verdade nalguns casos.

Para chegarem a uma conclusão, os cientistas analisaram 39 estudantes sedentários e como os seus bíceps se alteravam com exercícios de três segundos. Os voluntários foram divididos em três grupos: o primeiro tinha de levantar o peso de uma barra (algumas máquinas de ginásio têm uma espécie de contrapeso que, dependendo do local onde está, pode ser usado para trabalhar os músculos de várias formas), o segundo tinha de baixar e estender o braço e o terceiro tinha de segurar nesse peso. O objetivo era fletir o braço o mais possível.

Os estudantes repetiram este movimento de três segundos ao longo de um mês, cinco dias por semana, e os resultados foram positivos. De acordo com o estudo, o primeiro e o terceiro grupo aumentaram a sua força nos bíceps em 7%, enquanto que o grupo do meio aumentou até 12%.

Porém, os cientistas alertam que esta técnica só funciona para ganhar mais força nos músculos, e não para aumentar a massa muscular. Além disso, como citou o site da revista GQ espanhola, não existem dados que indiquem que isto resulte noutras partes do corpo.

Fonte: MUST

Revista Destemidos