As declarações políticas que chegam de Washington não valem nada, o caos chegou aos EUA, escreveu em seu canal de Telegram o presidente da Duma do Estado (câmara baixa do Parlamento russo), Vyacheslav Volodin.

Ele apontou para a imprevisibilidade da liderança dos EUA, que, com seu poder e armas nucleares, não respeita as leis.

“Há quem se ria de, em nosso país, a conversa sobre a ‘decadência do Ocidente’ vir acontecendo por muito tempo. Mas atualmente o caos definitivamente chegou aos EUA”, escreveu o político russo.

Volodin recordou sobre duas declarações contraditórias que ocorreram quase simultaneamente por parte de autoridades de Washington.

“Primeiro, a porta-voz da Casa Branca Jen Psaki disse que os EUA não pediram às empresas americanas para saírem do mercado russo. A seguir, apenas algumas horas mais tarde, o Congresso propôs proibir ao governo dos EUA de fazer negócios com as empresas que, apesar das sanções, continuam operando na Rússia”, explicou o presidente da Duma.

Ele apontou para os dois pesos duas medidas de Washington, quando o “Congresso dos EUA proibiu qualquer assistência ao batalhão Azov [contra cujos combatentes a Rússia abriu um processo penal], mas Biden, em violação à lei, financia estes neonazistas, enviando-lhes armas“.

Revista Destemidos.

G.G.MÃ