Imagem de: Youtuber 'Klebim' é preso por exploração de jogos de azar

A Polícia Federal prendeu na segunda-feira (21) o youtuber brasiliense Kleber Moraes, conhecido como “Klebim” (do canal EstiloDUB), por suspeita de integrar uma organização que explorava jogos de azar e promovia lavagem de dinheiro. Segundo os investigadores, o grupo realizava rifas de carros desde 2021 e pode ter movimentado mais de R$ 20 milhões.

Além de Klebim, que tem 1,27 milhão de inscritos em seu canal, mais três pessoas irão cumprir o mandado de prisão temporária por cinco dias. O advogado do grupo, José Sousa Lima, afirmou que “essa prisão é completamente arbitrária, desproporcional e ilegal”.

A Polícia também cumpriu oito mandados de busca em Águas Claras, Guará e Samambaia, regiões administrativas do Distrito Federal. Na ação, foram apreendidos nove veículos de luxo, entre os quais uma Lamborghini e uma Ferrari, avaliadas em R$ 3 milhões cada. Na mansão do líder do grupo foram apreendidos mais veículos, uma motocicleta e um jet-ski. As contas dos investigados também sofreram um bloqueio de R$ 10 milhões.

Como funcionava o esquema?

Apelidada de “Huracán”, modelo da Lamborghini apreendida, a operação da PF apontou que a organização criminosa tinha como principais líderes youtubers, que usavam seus canais nas redes sociais para promover a realização das rifas de veículos. Por serem exclusivas da União, a realização de rifas, sorteios, bingos e loterias é considerada atividade ilegal, com penas previstas na Lei de Contravenções Penais.

Os veículos eram personalizados no “estilo dub”, com customização de rodas, suspensão e som, e anunciados em um site. As rifas eram facilmente vendidas, aproveitando as comunidades de milhões de seguidores, conforme a polícia. As importâncias arrecadadas eram então transferidas para contas de empresas de fachada e posteriormente usadas na compra de novos veículos, registrados em nomes de “laranjas”

Revista Destemidos