Porta-voz do Kremlin admite que a Rússia possa usar armas nucleares contra a Ucrânia caso a sua existência esteja ameaçada.

porta-voz do Kremlin, Peskov, admitiu esta terça-feira que a Rússia possa usar armas nucleares contra a Ucrânia caso a sua existência esteja ameaçada. 

Em entrevista à jornalista Christiane Amanpour, que perguntou se o porta-voz poderia garantir que Putin nunca usaria armas nucleares, Peskov indicou que “não foi Putin que arruinou o acordo de Minsk, foi o lado ucraniano” e recusou pôr de lado o uso deste tipo de armas. 

Revista Destemidos