Vera de Sousa Daves, Ministra das Finanças

Luanda – A ministra das finanças, Veras Daves, considerou que a nomeação de mulheres para várias posições chaves a nível do Governo, afasta a visão de que as mulheres deviam ficar apenas em posições tidas como menores.

A afirmação foi feita, na quinta-feira, durante um Encontro Alargado  com  as Mulheres de Vários Estratos da Sociedade , uma iniciativa do secretariado provincial  de  Luanda da Organização da Mulher Angolana (OMA), cujo objectivo foi a partilha de experiencias  entre mulheres.

Vera Daves acredita que essas nomeações de mulheres, para posições chaves  a nível do Governo, cumpre a  firme  convicção ideológica  do  líder angolano que afastou a visão  de que as  mulheres deviam ficar apenas em posições tidas como  menores.

A ministra das finanças, que dissertou o tema “  O papel preponderante  da  mulher  na consolidação  de uma  Angola  democrática, inclusiva e desenvolvida”, referiu ser preponderante o papel  da  mulher  no desenvolvimento de Angola, pois ao longo dos anos elas, de forma expressiva, tem ocupado  altos  cargos na  hierarquia  política e também  do Estado.

De acordo a governante, no último congresso, o MPLA atingiu um marco histórico, entre outros aspectos, pelo facto ter-se alcançado a meta da paridade definida pela direcção do partido, em especial a do seu presidente.

Segundo Vera Daves, isto traduz uma filosofia e uma visão histórica do partido que sempre se bateu pela emancipação da mulher e equilíbrio do género, combatendo todas as formas de descriminação, aspecto fundamental para que se tenha uma sociedade onde se cultiva a justiça.

Durante o evento, que contou com a presença do primeiro secretário provincial de Luanda do MPLA, Bento Bento, entre outros convidados, foram igualmente discutidos temas como “ A Participação da Mulher na  vida  política “   e  “  Participação  da  mulher  na  vida pública”.

Na actividade foram igualmente homenageadas  varias  mulheres  da   província  de  Luanda  e  realizados momentos culturais, entre  outros  atractivos.

Fonte: Angop

Revista Destemidos