Três jogos marcam, sábado, o prosseguimento da 23ª jornada do Girabola2021/22, com realce para a deslocação do Interclube ao Moxico, onde defronta o FC Bravos do Maquis, no estádio Mundunduleno, reduto em que os polícias da capital não foram além de um empate sem golos na sua última presença.

Apesar da diferença que os separa na classificação, o desafio entre o quarto colocado (Inter 35 pts) e o 10º (29 pts) prevê-se equilibrado, pois são equipas com plantéis equiparados, cujas direcções lançaram-se a este campeonato com o objectivo de estar entre os cinco primeiros.

Neste quesito, os polícias têm estado a demonstrar maior firmeza, visto que os “maquisardes” efectuam ao longo da prova uma campanha “intermitente” entre altos e baixos.

Além do nulo na sua mais recente deslocação ao estádio Mundunduleno (2ª volta da época transacta), o Inter leva vantagem sobre o Maquis com vitórias, em Luanda, por 3-1 e 2-0, sendo esta última na 1ª volta do presente campeonato.

Ainda sábado jogam Kabuscorp do Palanca (15º/8 pts) – Recreativo da Caála (9º/30 pts) e Sporting de Cabinda (11º/27) – Académica do Lobito (8º/30), ao passo que para domingo estão reservados os encontros Desportivo da Huíla (6º/31) – Cuando Cubango FC (12º/26) e Progresso do Sambizanga (14º/16) – Sporting de Benguela (16º/3 pts).

O desafio entre o Desportivo da Lunda Sul (13º/22) e o 1º de Agosto (3º/43) foi adiado, sem data, na ronda que registou já os jogos Petro de Luanda-Williete de Benguela (3-0) e Recreativo do Libolo-Sagrada Esperança (0-2).

O Sagrada é o detentor do título.

Fonte: Angop

Revista Destemidos