Japão emite alerta de tsunami depois de forte tremor de terra ter abalado o país. O sismo, de 7,3 na escala de Richter, fez-se sentir sobretudo nas regiões de Miyagi e Fukushima e ocorreu às 23H36, hora local. O gabinete do primeiro-ministro, Fumio Kishida, já anunciou a abertura de um centro de emergência para lidar com a situação.

De acordo com a empresa nacional de eletricidade, cerca de dois milhões de pessoas ficaram sem energia elétrica na sequência do abalo e vários bairros de Tóquio estão às escuras.

A central nuclear de Tokai já fez saber que não se registava nenhuma anormalidade no funcionamento dos seus reatores.

[em ATUALIZAÇÃO]

Revista Destemidos