Sanções impostas pela União Europeia limitam o raio de ação do clube inglês.

O Chelsea está impedido de vender qualquer bilhete para jogos a contar para a Liga dos Campeões enquanto Roman Abramovich não terminar o processo de venda do clube. A informação é adiantada, esta quarta-feira, pela estação televisiva britânica Sky Sports.

Em causa estão as sanções impostas pela União Europeia ao dono dos campeões mundiais em título, fruto das supostas ligações que este mantém com o presidente russo, Vladimir Putin, face à ordenada invasão militar à Rússia, que dura há já quase um mês.

Estas restrições limitam o fluxo de dinheiro por parte do conjunto londrino, mas ainda não vão fazer-se notar esta quarta-feira, na partida da segunda mão dos oitavos-de-final da prova milionária, diante do Lille, visto que os ingressos estavam já há muito vendidos.

No entanto, caso os blues consigam eliminar o clube francês e seguir em frente, terão de jogar sem a presença de adeptos nas próximas eliminatórias. Além disso, qualquer tipo de prémio financeiro por parte da UEFA ficará ‘congelado’.

Revista Destemidos