Direitos de autor  Sergei Chirikov/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved

Nicolás Maduro declara “apoio total” da Venezuela a Putin na defesa da sua posição e território. Diz ainda que a NATO e os Estados Unidos querem acabar militarmente com a Rússia por estarem “habituados a fazerem o que querem no mundo”.

A Rússia e a Venezuela assinaram um acordo de cooperação militar, assinado pelo vice-primeiro-ministro russo Yuri Borisov depois de visitar Caracas. Segundo o presidente venezuelano, o acordo “confirmou o caminho para uma poderosa cooperação militar entre Rússia e Venezuela para defender a paz e a soberania”

Os líderes da Venezuela e da Rússia são aliados desde a presidência de Hugo Chávez. O Partido Socialista Unido da Venezuela de Nicolás Maduro, afirma que a Rússia tem direito a defender “a sua posição e território”, face á tensão internacional perante uma possível ofensiva militar russa na Ucrânia.

A Venezuela está com Putin, está com a Rússia, está com as causas corajosas e justas do mundo, e vamos aliar-nos cada vez mais

disse Maduro num encontro de ministros transmitido pela televisão estatal 

Donald Trump, saudou o presidente russo por reconhecer as duas autoproclamadas repúblicas da Ucrânia como independentes.

Numa entrevista a um programa de rádio norte-americano, Trump disse que é “de génio” e algo “maravilhoso”. Acrescenta ainda que os Estado Unidos poderiam aplicar o mesmo na fronteira sul do país.

Fonte: Euronews

Revista Destemidos