Por: Olívia Gonçalves

O censo é uma ferramenta que coleta dados sobre a população. Ele se configura como uma importante fonte de dados sobre as características populacionais.

O censo ao ser realizado, tem como objetivo conhecer o número de habitantes, o nível de crescimento vegetativo (índice de mortalidade e índice de natalidade) qualidade de vida e distribuição de rendas.

Tais informações servem para que os governos realizem os orçamentos anuais direcionados aos serviços públicos como: educação, saúde, infraestrutura e geração de empregos possibilitando assim que o governo crie melhores condições de vida em todas as cidades. Sem esquecer que ajuda a inventariar suficientemente as áreas remotas e mal atendidas, e suprimi-las com as necessidades básicas.

Há também uma meta básica que deve ser conhecida no censo para desenvolver um plano adequado para resolver os problemas de congestionamento de transporte, em geral, e fornecer os meios de transporte necessários para grande parte do país.

Funcionamento do censo

Uniformizados com camisola e boné cor de laranja, com o logotipo do censo e portadores de identificação individual, os inquiridores irão de casa em casa para saber quantos, são e como vivem.

É realizado em todo país, passa-se em todos os bairros, aldeias, povoações, vilas, distritos, municípios e províncias. O censo é realizado para toda população, tanto crianças como estrangeiros que residem no país a mais de seis meses. E todas as habitações também serão recenseadas.

Em casos de não se encontrar no país no momento do recenseamento é aconselhável deixar toda informação a pessoa que estiver em casa no dia da visita do inquiridor.

Toda informação fornecida ao inquiridor serão de caracter sigiloso e serão tratadas com devido cuidado.

Revista Destemidos
Juntos somos mais fortes